×

Home A Intertrack Produtos Suporte Contato Blog
Intertrack Tecnologia

6 passos para desenvolver uma central de monitoramento

Desenvolver uma central de monitoramento de veículos é um processo que envolve vários cuidados. Porém, antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente que investimentos em tecnologia são mais que necessários. Afinal, é por meio dela que tudo será feito e implementado.

Pensando nisso, vamos mostrar os 6 passos para você montar sua empresa de rastreamento veicular. Continue lendo e confira quais são!

1. Desenvolver um software

Para dar início à montagem da central de rastreamento, é necessário desenvolver um software para tal função. Isto é, uma plataforma própria da empresa, onde os clientes terão acesso aos rastreadores, às informações, relatórios gerados e ao controle de motoristas, por exemplo.

Sendo assim, o software deve traduzir a qualidade do rastreamento realizado por sua empresa, pois é ele quem vai ser a base do seu serviço. Além disso, é importante que ele seja adaptável para as necessidades do mercado.

2. Comprar um rastreador

O próximo passo é adquirir um rastreador, que transmitirá as informações de local, data e outros ao software desenvolvido. Esses equipamentos podem ser comprados com fornecedores ou fabricantes. Por isso, pesquise sua qualidade, reputação da marca e se ele atende as necessidades da sua empresa e de seus clientes.

3. Instalar um chip

Para que a comunicação com os rastreadores seja feita, é preciso instalar chips integrados ao software. É importante atentar-se aos que são mais adequados para seu sistema, qual plano de dados e operadora oferecem as melhores condições.

4. Escolher os equipamentos corretos

Este passo, na verdade, é também uma dica. Você deve fazer muitas pesquisas antes de comprar seus equipamentos, inclusive computadores. Afinal, estas ferramentas precisam ser ágeis e funcionarem bem para garantir a eficiência de todo o sistema.

Por isso, busque ajuda de um profissional de tecnologia para auxiliar a empresa, principalmente, nos períodos de teste.

5. Investir em servidores estáveis

Com o software desenvolvido, rastreadores e chips instalados, você precisará de um servidor de internet. Por meio dele é que toda a comunicação será feita.

Desse modo, invista em servidores estáveis, ou seja, que não caiam constantemente e que funcionem com uma boa velocidade. Afinal, qualquer queda pode prejudicar o trabalho realizado. Uma dica preventiva para ajudar nesse possível problema é ter um backup de internet.

6. Buscar treinamentos para a equipe

Por fim, depois de resolver os trâmites técnicos e legais, busque treinamentos para sua equipe de monitoramento. Tal fato é essencial para que uma central de monitoramento seja eficiente.

Assim, os membros entenderão como funciona cada parte do monitoramento e estarão aptos a trabalhar com os equipamentos, sabendo como lidar melhor com os problemas, se eles surgirem.

Portanto, garantir uma central de monitoramento de qualidade consiste em escolher equipamentos de ponta, um bom software de rastreamento e investir em conectividade. Além disso, busque capacitar sua equipe ao máximo, tornando-a apta a realizar o rastreamento com precisão e agilidade. Assim, você garante a satisfação e segurança do cliente.

Ainda ficou com alguma dúvida sobre como abrir sua central? Então, entre em contato com nossos especialistas em tecnologia que ajudamos a tirá-las!

Voltar

A Intertrack é uma empresa:

A Intertrack é uma empresa de tecnologia, com mais de 10 anos de atuação no mercado, provendo soluções de software e aplicativos com confiabilidade, eficiência e excelência.

Onde Estamos

Rua Belmiro Braga, 668 – Conj. 403 Caiçara – Belo Horizonte – MG

Contato

(31) 2515-2614

Copyright ©2018 Intertrack | Valik Media